O poder Curativo da Arte e 10 Livros Inspiradores para estimular o seu criar.

Uepa! Como prometido estou passando por aqui, no intuito de convidar você à abrir o seu coração para a Arte e Criatividade. Inspirar e acolher as belezas que saem da sua Alma são as palavras de ordem. Mas uma ordem amorosa, viu?


Nesse último sábado, 22.06, fiz uma LIVE lá no nosso INSTAGRAM sobre o poder curativo da Arte. Trouxe para vocês um pouco sobre a minha formação em Arteterapia e Expressões Criativas à Luz da Teoria Junguiana. Contei também um pouco sobre como a arte por meio das diferentes possibilidades de experimentações plásticas é capaz de nos auxiliar em nossas Jornadas Existenciais.


A criatividade é uma imensa força social, capaz de gerar transformações internas mas também, na dinâmica causa-efeito, trazer mudanças para o Universo que nos cerca.


Ao entrarmos em contato com a energia Sagrada do Processo Criativo, com a ação de Criar e com a Arte que se apresenta reverenciamos conteúdos muito profundos da nossa Alma. Por meio de símbolos e imagens, esses conteúdos tornam-se visíveis, materiais, despertam de lugares sombrios para um espaço de maior concretude. E assim, tornamos-nos capazes de conversar com esses símbolos e imagens e então refletir sobre seus significados, ressignificar vivências, sentimentos, valores, experiências dolorosas, etc.

 

[ Um parênteses - Fiquem com o poder dessa imagem! Depois clique em cada uma das imagens para conhecer um pouco mais sobre o trabalho de Nathan Sawaya. ]




Para que tal contexto se instaure, no entanto, é importante uma abertura por parte do Ser que cria. Nesse contexto, não interessa a estética da Arte em si, mas sim o que ela pode trazer consigo. Para mergulhar nessa aventura, torna-se então necessário um afastamento mínimo de julgamentos de valores ( preconceitos, armadilhas do ego, noções sobre certo x errado, bonito x feio) e a adoção de uma postura mais contemplativa, livre, reflexiva e amorosa tanto sobre a criação quanto sobre o processo que conduziu até ela. É claro que nesse caminhar, todos esses elementos, em maior ou menos grau irão se manifestar, mas temos então uma oportunidade ímpar para também trabalhar essas questões. 


Se você ficou curioso, dê uma passadinha no nosso IGTV e assista um pouco mais por lá.


Agora o convite é para que vocês façam um exercício de auto-amor e liberdade, permitindo-se entrar em contato a energia da criatividade. Lembre-se: criatividade não é apenas para os "talentosos". Coisa de gente que nasceu com o "dom" de criar. Todos nós, seres humanos, somos seres criativos e, inclusive, nos diferenciamos de outros animais porque possuímos essa HABILIDADE para usarmos à nosso favor. E mais: quanto mais praticamos, mais criativos nos tornamos! Vem comigo?



Essa é uma coletânea que fiz bem livremente, com livros feitos para adultos que podem ser usados por crianças, livros para crianças que podem ser usados para adultos, livros para estimular a prática do desenho, livros que promovem o auto-conhecimento, oráculo, livro de poesias, enfim... Um misto desses bem blended, de coisas de gente famosa e gente que tá começando, com grandes tesouros para você vestir a camisa da CRIATIVIDADE e entregar-se despretensiosamente à criar.



Você não precisa lê-los todos na sequência cronológica. Arrisque-se à manuseá-los e parar em uma página que lhe chame a atenção. Se vc tem criança por perto, sente-se com ela junto e veja como ela se entrega espontaneamente ao processo de criar (segure a língua e não critique - apenas observe, apóie e permita). Desdobre um desenho em poesia ou uma imagem poética em desenho. Explore formas, cores, texturas, materiais. Brinque de montar paletas de cores. Crie limitações para dificultar processos e te obrigar a criar novas soluções (ex: desenhar um elefante de olhos fechados, usar apenas uma única cor). Pegue revistas velhas, recorte-as, faça colagens. As possibilidades são infinitas. Se jogue...


Depois respire fundo e admire a sua autenticidade.

Lembre-se que absolutamente tudo o que sai da sua Alma é belo e está ali para ensinar.  

Reflita.

Como você se sentiu durante o processo?

Quais foram seus limites?

O que a Arte manifestada veio lhe contar?

Sobre que parte de você ela fala?

Você a vê como espelho de algum momento que está vivendo?

E novamente: as possibilidades são infinitas.

Entregue-se novamente à elas.

(...)


Depois deixe um recadinho aqui pra mim. Vou adorar saber mais sobre a sua jornada criativa e sobre como a Arte tem te ajudado há viver uma vida mais leve e prazeirosa.


Até a próxima!

Isa.






INSCREVA-SE TAMBÉM NA MINHA NEWSLETTER E FIQUE SABENDO DE TUDO O QUE ROLA EM PRIMEIRA MÃO

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon
  • whatsapp
  • mail-2

© 2020 . eutedouaminhapaz

ETDMP_2020_Logo.png
0